Perguntas e respostas

Nossos cursos online foram criados para atender a públicos diferentes que podem se beneficiar das informações sobre culinária, nutrição e medicina, na área de fisiologia. Oferecemos cursos para empresas públicas ou privadas, preocupadas com a saúde dos funcionários, prefeituras e municípios, assim como sociedades e grupos religiosos. Atendemos variadas profissões e atividades, desde proprietários de restaurantes, empregadas domésticas, cuidadores de idosos, donas de casa e principalmente pacientes que padeçam de doenças crônicas e degenerativas.

Saúde Integrativa é um estilo de vida. A saúde integrativa tem como base a mudança de hábitos de vida e do estado mental nocivos, com a adoção de práticas de autocuidado, que podem ser adquiridas por qualquer grupo populacional através da Educação em Saúde e diversas outras técnicas. Crescem as evidências científicas dos efeitos benéficos na saúde de uma população, de um padrão alimentar baseado em plantas. Este conceito é novo na comunidade científica.

O programa de saúde integrativa envolve a incorporação de novas técnicas e olhares, aos hábitos de vida; como a escuta atenta, o toque sensível, o cultivo de relações interpessoais, e a expressão através das artes e da espiritualidade. Os diagnósticos com base na medicina integrativa são estabelecidos tanto de forma tradicional como alternativa, e sempre com base na história clínica, no exame físico, em exames complementares e em outras formas acessíveis da medicina tradicional.

A medicina integrativa estabelece uma relação de parceria entre o paciente e o praticante no processo de cura, e considera todos os fatores que influenciam saúde, bem-estar e doença: mente, espírito, e corpo. Esta é uma filosofia de trabalho que não rejeita a medicina convencional, nem aceita a medicina alternativa sem uma visão crítica.

Ao paciente é ensinado o "caminho de volta", de forma que ele próprio se conduza ao estado de saúde original, por intermédio do restabelecimento da fisiologia normal e das rotas metabólicas abandonadas, e com a orientação de um ou de vários profissionais e grupos de apoio, utilizando-se de terapias tradicionais e alternativas.

A alimentação baseada em plantas é uma forma de nutrição que se define como alimentação completa, a partir de uma dieta com base em vegetais, centrada sobre os pilares: vegetais integrais, ou minimamente refinados, frutas, hortaliças, raízes (tubérculos), grãos integrais, cozidos ou germinados, leguminosas cozidas ou germinadas, óleos vegetais virgens, laticínios vegetais e vegetais fermentados.

Esta dieta também permite a manutenção de alguma quantidade de carne vermelha, aves e peixes, laticínios e ovos, permitindo que a população mantenha seus hábitos de origem cultural e familiar. Mas somos definitivos em ensinar como excluir alimentos processados e refinados, como farinha branca, açúcar refinado, gordura vegetal hidrogenada e óleos processados industrialmente.

Uma dieta desenhada dentro do que propõe a ABP é passível de individualização e pode ser extremamente prazerosa, como paladar e saciedade.

Pesquisas científicas recentes em todo o mundo, sobre o tema plant based diet, mostram um impacto marcante na redução e alívio de sintomas da maior parte das denominadas doenças degenerativas.

O nosso trabalho não proclama nenhum tipo de dieta em especial, com fórmulas e números, mas uma modificação culinária de quase todos os alimentos e pratos que conhecemos. Objetiva-se, antes de tudo, que as pessoas reencontrem irradiação de luz e fartura de nutrientes, em um meio alimentar contemporâneo extremamente árido e debilitante.

A nossa recomendação é que você comece com um suco verde no café da manhã, e introduza no cardápio legumes, no almoço e no jantar.

Em seguida, nossa equipe recomenda é eliminar o açúcar, os amidos e as gorduras hidrogenadas.

Um suco verde, uma caldeirada morna ou doce vivo que contenha frutas, hortaliças e folhas limpas e frescas de origem orgânica – cultivadas com adubo vegetal ou acrescidas de micro-organismos efetivos (também de origem vegetal) – são fontes seguras de bactérias probióticas saudáveis.

Adote por uma semana uma nutrição intensa baseada em plantas, e sinta os efeitos. Aprenda que comer bem não é uma obrigação, tal como “dieta” ou “regime”, mas uma forma de nutrição vegetal saudável, deliciosa e sintonizada com a natureza e com valores sociais.

Manifestações clínicas respiratórias, dérmicas e alérgicas de repetição estão relacionadas ao nível embrionário denominado epitélio, e, portanto, à sua mucosa intestinal e suas escolhas alimentares. Reeduque-se e, se necessário, reponha bactérias para que esses sintomas desapareçam. Seu sistema cardiovascular, o endotélio, os neurotransmissores, a bioquímica do sangue, a glicemia e a regulação imune-inflamatória, dependem diretamente de um sistema gastrointestinal saudável.